Enter your keyword

 

O Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Farmácia, ofertado pela Escola do Futuro, de acordo com os referenciais definidos em sua proposta pedagógica.

Há algumas décadas o setor farmacêutico vem experimentando grandes mudanças, determinadas por um mercado em constante evolução e com fortes tendências de crescimento com o desenvolvimento de um grande número de novos produtos. A expansão do mercado tem sido acompanhada pela demanda por profissionais que possuam formação de nível médio, predominantemente a de nível técnico em Farmácia, para atuarem como colaboradores diretos do farmacêutico na produção, organização e distribuição de produtos, e em serviços relacionados com a assistência farmacêutica.

A atuação desse profissional exige a incorporação dos princípios que orientam as ações em saúde, como condição de cidadania, que assegura mais e melhores anos à vida das pessoas, apontando especificidades para os trabalhadores da área e reafirmando a necessidade do compromisso destes com uma concepção de saúde que transcende a visão setorial e diversifica os seus campos de prática profissional.

A iniciativa de criar o Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Farmácia emergiu da necessidade de suprir a demanda do mercado de trabalho do município de Iguatu e municípios adjacentes, essa lacuna no exercício das atividades farmacêuticas contribuindo com a melhoria de formação da equipe de saúde e consequentemente, melhorar o atendimento da população iguatuense, atentando para os critérios de qualidade na formação nas diferentes modalidades de atuação envolvendo aspectos da preparação e dispensação dos medicamentos sob supervisão do profissional Farmacêutico. A Escola do Futuro se encontra localizada na cidade de Iguatu. Ela é considerada polo regional e exerce significativa influência sobre o Centro-sul cearense, firmando-se como 10º maior PIB do Ceará e lista entre os 300 municípios mais populosos do Brasil.

O Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Farmácia pretende desenvolver profissionais que possam:

  • Possibilitar o desenvolvimento de competências que permitam ao aluno exercer a sua cidadania ativa, de forma solidária, no exercício das funções de técnico em Farmácia;

  • Contribuir com o aluno na apropriação de valores éticos e bioético na dimensão da segurança do cliente, além de incorporar uma postura crítica que propiciam a formação de um egresso participativo, criativo, reflexivo, capaz de relacionar os fatos à teoria, e não apenas ser treinado para atuar nos serviços de saúde;

  • Proporcionar a melhoria da qualidade de vida da população através da oferta do Curso de Técnico em Farmácia, visando melhorar a atuação do pessoal de apoio dos hospitais, centros e postos de saúde;

  • Capacitar o aluno para desenvolver uma atuação segura e de qualidade no exercício da profissão;

  • Desenvolver metodologias de ensino que favoreçam a interdisciplinaridade e o contato precoce do aluno com a prática profissional, rompendo com a dicotomia teoria/prática;

  • Favorecer a compreensão dos direitos e deveres da pessoa humana, tendo em vista o desempenho profissional;

  • Utilizar de forma eficiente às novas tecnologias disponíveis para o seu desempenho profissional;

  • Atender, com qualidade, à demanda existente no mercado, formando técnicos empreendedores, capazes e inovadores, participantes ativos da evolução produtiva do país;

  • Identificar e classificar os diferentes tipos de produtos e de formas farmacêuticas sua composição e técnica de preparação;

  • Auxiliar na manipulação das diversas formas farmacêuticas alopáticas, fitoterápicas e homeopáticas, assim como de cosméticos, sob a supervisão do farmacêutico;

  • Ampliar os princípios do processo de trabalho para o desenvolvimento de competências, habilidades e atitudes, assegurando o aprofundamento do saber fazer, nos diversos níveis de atenção e contextos, onde sua práxis de desenvolve;

  • Executar as ações de Farmácia de forma crítico-reflexiva e ético-legal atendendo os novos paradigmas do saber ser/pensar/fazer no processo cuidar.

O mercado de trabalho para o técnico em farmácia é amplo, com inúmeras possibilidades de atuação. Além disso, a área está em constante expansão, considerando que o Brasil é, atualmente, um dos maiores mercados de consumo de cosméticos e medicamentos do mundo.

Veja quais são as atribuições e atividades que podem ser desenvolvidas pelo profissional técnico em farmácia:

Administrar prescrições farmacotécnicas, identificando vias de administração.

Identificação e classificação de medicamentos, assim como composição e técnica de preparação.

Atuar na manipulação de cosméticos e medicamentos alopáticos, homeopáticos e fitoterápicos, auxiliando o farmacêutico.

Administração da logística de compra, armazenamento e dispensação de produtos.

Controle de estoque de produtos e matérias-primas.

 

A área farmacêutica em si é bem antiga. Acredita-se que, desde a era paleolítica, o homem já manipulava plantas, minerais e substâncias de origem animal para utilização terapêutica. O registro mais antigo da atividade é uma tábula sumérica, criada no século 2100 a.C, contendo 15 receitas medicinais.

Ao longo dos séculos, a atividade foi se desenvolvendo, passando pela atuação de alquimistas, que misturavam materiais tentando transformá-los em ouro, até os boticários. Esses profissionais eram uma mistura de médico e farmacêutico e, a partir do século X, começaram a difundir a prática de manipular medicamentos.

WILIANA SILVA

Telefone: (88) 8886-5650

E-mail: wilianaigt@gmail.com