Enter your keyword

O Curso de Teologia da UniFIC tem como Missão promover o saber teológico que, valorizando as dimensões éticas e humanísticas, responda às questões existenciais, sociais e religiosas do ser humano, considerando a experiência de fé sob uma perspectiva plural e a necessidade da construção de uma sociedade justa e solidária. Ele visa assegurar formação geral, humanística, capacidade de análise, domínio de conceitos e das terminologias teológicas, capacidade de argumentação, interpretação e valorização dos fenômenos teológicos e sociais. Foi aprovado pela Portaria de autorização n° 497 de 26/05/2021, publicada no Diário Oficial do dia 28 de maio de 2021. Tem 8 semestres e é presencial. O Curso é um bacharelado com Carga Horária de 3.580 horas, sendo:

– 2.780 horas de disciplinas;

– 200 horas de estágio;

– 400 horas de Extensão;

– 200 horas de Atividades Complementares.

O egresso de curso de Graduação em Teologia deverá ter como base formativa os fundamentos constitutivos da construção do fenômeno humano e religioso sob a ótica da contribuição teológica considerando o ser humano em todas as suas dimensões.

A formação teológica habilita os egressos a atuarem no campo acadêmico (pesquisa), pedagógico (ensino) e pastoral (ministérios). Com ênfase no pensamento teológico reflexivo e crítico, na interdisciplinaridade, no diálogo com o conhecimento humano e outras culturas e/ou confissões religiosas, essa formação quer habilitar os egressos para não serem apenas teólogos acadêmicos, mas também para atuarem como agentes que se empenhem na transformação social no serviço de apoio e amparo humano e “agentes comunitários” que atuem não só na sociedade (comunidades várias), procurando soluções e dando respostas às efetivas necessidades sociais como também, e mais especificamente, nas comunidades religiosas nas quais estarão envolvidos.

O Colégio da Bahia foi o primeiro Curso de Teologia do Brasil. Em 1572, o curso de Teologia da instituição foi equiparado ao da Universidade de Évora, em Portugal (ambas pertenciam aos jesuíta…). Entretanto, o MEC só reconheceu a Teologia como Curso Superior em  04 de outubro de 1999. Nesse dia, o Diário Oficial da União publicou portaria, assinada pelo Ministro da Educação Paulo Renato Souza, autorizando oficialmente o primeiro curso de teologia no Brasil.